Login:   Senha:     
1 de setembro de 2014
Acesso ao Ática Net
Aqui você encontra Complementos Pedagógicos de livros didáticos com sugestões de atividades para suas aulas ou atividades extras.
Conteúdo disponível no site.
 Atividades
 Atualidades
    • Científicas
    • Geopolíticas
 Biblioteca
 Biografias
 Busca
 Cineclube
 Datas comemorativas
 Datas históricas
 Especiais Ática
 Festas
 PCNs
 Roteiros Pedagógicos
    • Literatura Infantil
    • Literatura Juvenil
 Sites interessantes
 Softwares educativos
Envie seu e-mail com sugestões, críticas e dúvidas.
Aqui estão disponíveis programas que você vai precisar para abrir alguns de nossos arquivos.
 
Teoria Psicogenética de Jean Piaget


Segundo Piaget, a construção do conhecimento ocorre quando o indivíduo age, física ou mentalmente, sobre os objetos, provocando o desequilíbrio do conhecimento adquirido anteriormente. Esse desequilíbrio deve ser resolvido por meio de um processo de assimilação e acomodação do novo conhecimento. Assim, o equilíbrio será restabelecido para, em seguida, sofrer outro desequilíbrio.

Assimilação - É o processo cognitivo de colocar novos conhecimentos em esquemas já existentes. É a incorporação de elementos do meio externo (conhecimentos, objetos) a um esquema ou estrutura do sujeito. Esse processo de captar o ambiente e de organizá-lo possibilita a ampliação dos esquemas já existentes.

Acomodação - É a modificação de um esquema ou de uma estrutura, em função das particularidades do conhecimento ou do objeto novo que será assimilado. O indivíduo poderá criar um novo esquema que absorva o novo conhecimento ou objeto, ou poderá adaptar um esquema existente para que o novo conhecimento possa ser incluído nele.

Equilibração - É o processo que se dá quando se passa de uma situação de menor equilíbrio (durante a assimilação) para uma situação de maior equilíbrio (durante a acomodação).

Para Piaget, no seu livro Problemas de Psicologia Genética, o ideal da educação não é aprender ao máximo, maximizar os resultados, mas é antes de tudo aprender a aprender; é aprender a desenvolver-se e aprender a continuar a se desenvolver, depois da escola.

Embora sua teria propicie respostas pedagógicas, Piaget nunca se preocupou em como fazer, como ensinar. Por isso, não se pode falar em método ou técnica piagetiana ou construtivista.

Piaget também não se dedicou à relação sujeito/sujeito, nem à interação mediada pelo outro, isto é, pela linguagem. Esse foi o enfoque desenvolvido por Vygotsky, que estudou em profundidade a função social da linguagem.

(Pesquisa e texto de Guila Eitelberg Azevedo)


               

Criação e Design - Departamento de Internet e Mídias Eletrônicas Editora Ática
© Editora Ática Ltda. Todos os direitos reservados.